Translate

sexta-feira, 3 de julho de 2009

One Make Race - Alfa Romeu - GTA Cup 03



Cansei de sofrer, para esta úlitma etapa da GTA Cup - Alfa Romeu, utilizei a versão mais recente dos GTA´s o Alfa Romeu 147 GTA ´02, com seus 246 hp. Bom ... Chega de sofrer é maneira do dizer ...
Eita "carrinho" instável, mais dificil de guiar que o ´65, muito desequilibrado, quando acabei a corrida os pneus dianteiros estavam bem gastos enquanto que os traseiros particamente novos, entendo que seja um FF, mas isto demonstra um desequilibrio muito grande. Uma saida é trocar os pneus para Racing, mas isto tiraria a emoção de guiar um carro totalmente original de fábrica.
A pista é a mais desafiadora do GTA Cup - Alfa Romeu - Apricot Hill Raceway, uma pista praticamente completa, retas, curvas para ambos os lados, curvas fechadas ...
Quase perdi "a linha" na última volta, porém comsegui controlar o "brinquedo" e levá-lo a vitória.

Ah! Já ia me esquecendo O carro prêmio pela conquista da GTA Cup é o Alfa Romeu Giulia Sprint GTA 1600 ´65, o mesmo que utilizei nas corridas anteriores.

É isso ...

12 comentários:

Sauber disse...

Ah, Rodmoretti, essa One-Make Race
da Alfa Romeu quando é feita pela primeira vez só se pode utilizar, infelizmente, o 147 GTA, que tem tração dianteira. Eu acho mais competitivo e muito melhor utilizar o GTA de 1965, apesar da baixa potência, pois ele tem tração traseira. Eu, particularmente, não gosto de dirigir os carros de tração dianteira- Layout FF- porque tem uma coisa que me incomoda muito: Eles param de acelerar ao minimo movimento de curva :( Aí você perceber o motor deles aumentando e diminuindo, aumentado e diminuindo as rotações se você dá a mínima puxadinha no volante. E o pior é que eles têm a arrancada muito ruim e são péssimos para fazerem curvas em alta velocidade, ao contrário de todos os carros de tração traseira. A vantagem desse tipo de tração vem somente para as montadoras, uma vez que é mais barato, o custo é bem menor que os de tração traseira, pois elas não gastam dinheiro com o eixo de transmissão e o eixo traseiro que comporta o diferencial. Esse motivo nós percebemos 100% no Brasil, infelizmente :(, pode observar que todos os carros da Fiat, Volkswagen, Ford, Chevrolet, Renault, Citroën e as outras fabricam somente carros com tração dianteira, com exceção dos carro pesados, como os caminhões e algumas vans. Já nos EUA a Chevrolet e a Ford tem quase todos os seus carros com Layout FR, que é excelente. É exatamente por isso que nenhum carro de corrida para médias e altas velocidades foi feito com tração dianteira (ainda bem), somente alguns carros de Rally, que inclusive são um pouco ruinzinhos.

Sauber disse...

Ah, Rick, eu me esqueci de te falar que eu cometi uma ousadia no GT4: Eu entrei no Campeonato do Formula GT com um outro carro diferente do próprio Formula GT, somente de teste. Adivinha com que carro eu fui: Isso mesmo! Eu usei o super Sauber C9. Eu só entrei em uma corrida a parte, que foi a de Sarthe I, pois como são 23 voltas e como é a pista que eu mais conheço e gosto no GT4 eu decidi arriscar. Eu estava incrédulo de que eu teria alguma chance contra os Formulas, pois mesmo o Sauber sendo um carro bom ele é bem mais pesado que os Formulas (893Kg contra 550Kg), ainda mais que eu fiz essa corrida sem tunagem nenhuma no Sauber e usando pneus Super Hard atrás e Medium na frente. Eu não decidi cortar chicane nehuma e fazer voltas limpas. O resultado foi que eu, ao final da corrida, tinha ficado com acho que 2 voltas a frente do 2° colocado! Eu quase não acreditei, mas eu depois vou treinar mais um pouco para ver se eu consigo fazer o Campeonato do Formula GT com o Sauber, vai ser muito difícil, mas eu vou tentar.

lettucefolk disse...

Sem desvalorizar de modo algum a tua corrida em Sarthe, essa é a única pista em que os carros Le Mans são tão bons ou mesmo melhores do que os F1, mesmo na vida real, principalmente por causa do top speed, e porque as curvas são na maioria rápidas!

Posto isso, é um feito correr o Formula GT com um Le Mans car, eu consegui fazer a 1ª corrida (Tokio) com um Minolta ultra-tunado, mas tenho de estar concentrado as 60 voltas, até porque queima muito mais pneus do que o fórmula...

Abraço

Rick disse...

Sauber, dá para ganhar mesmo o Fórmula GT com o Minolta, Sauber ou outros carros do tipo.Até no post sobre o campeonato de formula GT eu coloquei um video feito com o Minolta em Tókio, e dá para ganhar bem,mas como o Lettucefolk falou tem q estar concentrado, principalmete no começo para abrir uma boa vantagem.Eu só cheguei a fazer as 3 primeiras,mas ainda quero ver em Nurbrugring q eu acho q deve ser um pouco mais dificil por causa do desgaste dos pneus

Sauber disse...

Mas eu achei interessante que os Formulas, na corrida de Sarthe, paravam com quatro voltas completadas, enquanto que eu com o Sauber parávamos com 5, pois eu usei pneus super hard atrás e medium na frente e aguentaram muito bem. É preciso fazer um estudo sobre os pontos de vantagem e dificuldade de cada pista. Mas na pista de Tokio R246 você utilizou que tipo de pneus, Rick?

Rick disse...

Sauber , usei R3/R4, o link do video http://granturismo4rick.blogspot.com/2008/08/minolta-no-formula-gt-championship.html

Sauber disse...

Então, Rick, é melhor utilizar R5 atrás e R4 na frente

Rick disse...

Rodrigo, belo pega em Apricot.Esta pista é bem dificil porque a getne acaba não andando muito por ter pouco eventos durante o jogo.
Sauber, R5 é supersoft~, não aguenta nem 2 voltas.Eu me confundi, na verdade usei R3 na frente e R2 na traseira.Acho q o R1 apesar de durar mais faz o carro sair muito de traseira

Sauber disse...

*Ah, perdão, Rick, eu me confundi legal: No meu comentário anterior eu disse os pneus errados é usar R1 atrás e R2 na frente e não R5 e R4. Eu confundi as siglas :~

Sauber disse...

Rick, uma curiosidade: Você sabe o motivo de os carros do Grupo C não serem mais fabricados, mas sim, somente os protótipos? Porque eu fico muito triste em pensar e também ver que nas corridas de Le Mans atuais os legais carrinhos do Grupo C não estão mais presentes :(

Rick disse...

pelo q eu sei foi justamente pelo aumento crescente de vekicidade, q foi tornando estes carris muito perigosos

Sauber disse...

Ah, então foi isso. Você sabia que foi justamente devido ao recorde de velocidade do Sauber C9 no Le Mans de 1989 que a partir de 1990 a pista de Le Mans passou a ter as duas chicanes? O auber chegou a 248 mph, eu acho, que é equivalente a 400 km/h na grande reta Mulssane, incrível.